quinta-feira, 30 de maio de 2013

O que sinto cá dentro...

Sou muito reservada em relação a sentimentos. Escrevo muito mais sobre eles, do que falo deles. 
Não gosto de gritar ao mundo o que sinto, antes pelo contrário. Aprendi a esperar pelo momento certo. Pelo menos para mim. Sentir o clique aqui dentro que me transmita a confiança necessária para avançar.
Aprendi a preservar os sentimentos porque é realmente algo a que dou muito valor. Se não mesmo todo o valor. Cada vez há menos pessoas com quem sinto que posso falar daquilo que realmente vai cá dentro. Tenho muitos monólogos comigo. Faço perguntas e dou respostas, como se eu fosse a minha única e verdadeira amiga. Não é defeito, é feitio. Talvez tenha aprendido a proteger-me, e criado esta barreira com os outros. Depois da vida me ter feito tropeçar, vezes demais. 
Esta semana senti os meus sentimentos julgados. E não gostei mesmo nada disso...

1 comentário:

  1. Também estou como tu: confianças cada vez com menos pessoas.

    Bjo*

    ResponderEliminar